Muriaé é classificada na segunda maior escala do Mapa do Turismo Brasileiro


A cidade de Muriaé foi classificada na categoria B, a segunda maior da escala,  no Mapa do Turismo Brasileiro.

O mapa é um instrumento que define a área a ser trabalhada prioritariamente em políticas públicas pelo Ministério do Turismo, que categoriza os municípios no intuito de identificar o desempenho da economia do setor a partir de cinco variáveis cruzadas em uma análise: a) Quantidade de Estabelecimentos de Hospedagem; b) Quantidade de Empregos em Estabelecimentos de Hospedagem; c) Quantidade Estimada de Visitantes Domésticos; d) Quantidade Estimada de Visitantes Internacionais; e) Arrecadação de Impostos Federais a partir dos Meios de Hospedagem.

A partir da análise destes dados, os municípios são classificados entre as categorias A, B, C, D e E.

Na Zona da Mata Mineira, somente Muriaé e Juiz de Fora receberam a classificação B.

Com grande potencial Turístico, Muriaé tem localização privilegiada na Zona da Mata Mineira, sendo agraciada por cachoeiras, serras, picos, pedras e mirantes naturais espalhados por sete distritos. Com grande potencial turístico, tem destinos para todos os gostos: rural, cultural, ecológico, gastronômico, religioso, de aventura, eventos, estudos, negócios e saúde.
Como destaques naturais, Muriaé dispõe dos atrativos: Pico do Itajuru, Pedra de Santa Maria, Gruta da Pedra Santa, Pontão da Água Limpa, Rampa de Voo Livre, Cachoeira da Usina da Fumaça, Cachoeira do Naor e Cachoeira do Escorrega – essas últimas localizadas no distrito de Belisário, considerado patrimônio hídrico. Na cidade, os atrativos mais visitados são o Horto Florestal, o Complexo do Cristo e a Lagoa da Gávea.
O patrimônio histórico e cultural de Muriaé compõe um atrativo à parte, com destaque para o Grande Hotel Muriahe, o Paço Municipal e a Biblioteca Municipal Vivaldi Wenceslau Moreira.

Muriaé possui ainda os certificados de integração do Mapa do Turismo e de reconhecimento do Conselho Municipal de Turismo – que você pode fazer o download ao final da página.

fonte: Consultar o Mapa do Turismo Brasileiro (www.gov.br)